.

Mel e as formiguinhas...


















Mel e as formiguinhas...

Com asas de um pensamento
que (tão leve!)
flutuava,
olhos atentos,
curiosos,
ela via
e perguntava...
- Passa uma,
passam duas...
Onde vai dar essa estrada?
E no instante de criança
decifrava
a longa fila,
carregada de esperanças,
que em sua infância
passava...

Helena Chiarello

(Para minha filha Mel, que me deu essa imagem e pediu um poeminha... rs)

Imagem: Google

30 comentários:

Isabel disse...

Lindo.
Já estava com saudades.

Um beijinho e se me permite outro para Mel, um lindo nome.

Edilene disse...

Linda a imagem e o poeminha! Beijos

Majoli disse...

A filha pediu, e a mamãe encantou.
Você é tão doce Helena querida, amo te ler.

Beijos de saudades.

João Felipe disse...

que lindinho. faz tempo que nao venho aqui. adorei beijoão do joao

João Felipe disse...

que lindinho. faz tempo que nao venho aqui. adorei beijoão do joao

Su disse...

minha amiga, quando cheguei aqui e vi a imagem, meus olhos sorriram e logo pensei: onde a Helena encontra desenhos tão doces... logo veio a resposta, foi a Mel quem trouxe, por isso que é doce...rs

amiga, fico encantanda com a doçura e com a delicadeza de suas poesias, esse cantinho aqui é muito especial, faz o coração da gente derreter de alegria, e uma delícia para a alma, é muiiiiiito fofo... E a Mel pode ficar muito feliz com esse poeminha lindo feito exclusivamente pra ela! E mãezona mais linda!

sou sua fã mesmo, incondicional! De carteirinha!!! Te adoro muito!!!

p.s.: obrigada pela visita e pelo comentário, vejo tanta gente maravilhosa escrevendo que fico toda tímida pra publicar qualquer coisinha que escrevo, sei que não tenho as técnicas e tal...rs, mas aquela histórinha é tão real né amiga? Sabe que foi mesmo o nosso primeiro encontro, daquele jeitinho contado lá... falta agora eu contar como foi pro Rê...rsrs...

beijosssssss gigantes nesse coração! E dá um beijo no Fabiano, saudades dele também!

Su.

Ana Paula disse...

A sua Mel deve ser tão doce que te inspira desta maneira.
Adorei. Beijo

lucineia disse...

Olá, vim convidar vc para ver as novidades em meu blog,espero vc por lá.
Muito obrigado
Neinha

Anderson Fabiano disse...

Stella mia,

O mundo tem outra dimensão quando visto pelos olhos de uma criança: onde vai dar essa estrada? Em pessoas suaves com Melzinha, quando se pode nascer de alguém tão doce quanto você.

Amo você, Poetinha!

Barba

Anne Lieri disse...

Helena,sem comentarios!Tá lindo de viver!Sou sua fã!...rss...já postei os livros no Recanto!Boa sorte nos lançamentos!bjs e meu carinho!

Elisa T. Campos disse...

Linda a sua Mel que te pediu tão lindo
poema.

Beijos para vocês.

Anne Lieri disse...

Helena,vim reler o poema da Mel e agradecer sua visita em meu blog tb!Bjs e meu carinho!

manuela barroso disse...

Minha querida amiga!
Essa filinha, esse mel, essas palavras únicas, esse sorriso que se adivinha, essa forma de contar uma "historinha" assim... suave como quem passeia pela estrada de esperanças...só pode ser contada por ti Helena!
Um abraço
e muitas saudades!

Pepi disse...

Lindos e doces como mel os seus versinhos, Helena
Um amor!!
Beijinhos afetuosos de
Verena e Bichinhos

Su disse...

amigamada...

acho que uma parte da "catarse" rolou... qdo der dá uma espiadinha lá no meu cantinho. Uma da manhã, vou tentar dormir.

bjos, te adoro muito!
Su.

Pedro disse...

Que lindo poeminha,bela imagem que Mel escolheu, adorei!!!
Com carinho
Pedro e Amara

Gaivotadourada22 disse...

Minha amiga do Coração...

Ao ler o título logo me lembrei da Mel... É pura verdade, e não deu outra né???

Lindo Lê, ameiiiiii, um beijo grandão para a Mel!!!
Beijos Mil!

Su disse...

passando pra colher um pouco da doçura, encanto e magia desse cantinho em que a "proprietária" é uma linda fadinha de cabelos: (muito em breve), compridos, lindos, loiros e encaracolados!!!rs

beijokas minha amigamada!

adoro você!

Su.

✿ chica disse...

Noooooooossa,Helena!!! Só hoje, quando vi na Anne , vi que não tinha atualizado por aqui...Linda, doce!!!

beijos,tudo de bom,chica

Anne Lieri disse...

Helena,sua Mel está no Recanto hoje!Bjs,

Cantinho do Neno disse...

Que historia legal e tua filha deve ter gostado!
beijos do neno

manuela barroso disse...

Olha minha querida,
Quando pubicares este livro com as "Coisas de criança" vou querer 3 Isso. Para dua sobrinhas e...um para mim! Fico como elas! Encantada!
Beijos, beijos

Admin disse...

Ola, gostei muito do seu blog, diversos conteudos interessantes, bem legal. Gostaria de presentiar seu blog com um selinho do blog OS ANIMAIS, que é meu blog sobre tudo que seja relacionado aos animais.

Bom para pegar o selinho é so entrar aqui http://osanimais.com/nosso-banner-com-nosso-link/leve-nosso-link-com-voce/

So copiar o codigo da caixinha e pronto.

abraços

Jussara Neves Rezende disse...

Doce como o nome de sua filha... parabéns! Lindo!
Jussara
www.minasdemim.blogspot.com

Arnoldo Pimentel disse...

Vim conhecer seu espaço através do blog da Anne, muito lindo aqui.Poema encantador.Apenas não encontrei como seguir.Parabéns,beijos.

Arnoldo Pimentel disse...

Meu link:

ventosnaprimavera.blogspot.com

Ana Miranda disse...

Que lindo, Helena!!!

Às formiguinhas da Mel, impossível declarar guerra, né não?!

É que acabei de vir do seu outro blog, onde li o texto "Formigas! (Desforra, quae sera tamen...)

M.Cecilia Flor. disse...

Lindo Dia Moça Poetisa,que agrada aos grandes e muito aos pequenos.Boa escolha de sua menina,quem ganhou fui eu,Parabéns.Gostei.Bjus\Flor**

Tyrone disse...

Minha "netinha" sendo chamada de Mel, nada mais justo, pois é advinda de um maravilhoso favo de uma grande colméia. Beijos polinizados.

Liza Leal disse...

Maravilha de postagem, Helena!
.
Amei!

bjo de luz
.
LiZa